Neurobiologia

O cérebro é o órgão central do sistema nervoso, responsável pela interação do animal com o meio ambiente, assim como o controle das funções vitais, sensoriais e motoras de um organismo. É um dos órgãos mais complexos e, em humanos, pode conter mais de 30 bilhões de neurônios. Um dos grandes desafios da neurociência é entender como esta vasta rede neural opera e, por fim, produz o pensamento e as impressionantes ações humanas. Por isto, projetos como o “BRAIN Initiative” (Brain Research through Advancing Innovative Neurotechnologies, também conhecido como the Brain Activity Map Project) tem unido a comunidade científica para avançarmos nosso conhecimento sobre o cérebro.

Nosso laboratório procura contribuir para isto, estudando os vasos sanguíneos do cérebro e sua importância para o funcionamento deste fascinante órgão. Assim, estamos construindo um mapa molecular da vasculatura cerebral e sua heterogeneidade: atualmente, a ideia de que os vasos sanguíneos são formados por populações de células que diferem entre si em diferentes órgãos e até mesmo dentro de um mesmo tecido tem sido aceita pela comunidade científica. Uma vez que os vasos sanguíneos são importantes na organogênese, diferenciação e morfogênese de tecidos e órgãos, torna-se interessante desvendar a diversidade vascular deste órgão, identificando novos marcadores moleculares do endotélio cerebral.

Para tal, utilizamos a tecnologia do Phage Display in vivo de peptídeos, que permite isolar e identificar peptídeos ligantes da vasculatura de diferentes órgãos e tecidos. Devido às características dos peptídeos selecionados por este método, eles possuem ainda o potencial para atuarem como fármacos ou como carreadores de fármacos e, com isso, transpor a barreira hematoencefálica onde podem exercem sua atividade terapêutica; além de fornecer informações importantes sobre a atividade biológica das moléculas e tecidos identificados.